sábado, 18 de agosto de 2012

100 anos do livro “Eu" - Augusto dos Anjos

http://4.bp.blogspot.com

Um espetáculo faz homenagem aos 100 anos do livro “Eu” de Augusto dos Anjos neste final de semana, no sábado (18) e no domingo (19). O concerto será no auditório da Estação Cabo Branco, em João Pessoa - PB, às 17h, e a entrada é gratuita.

Orquestra de Câmara integra espetáculo
(Foto: Caroline Bittencourt/Secom-JP)
Cerca de 60 pessoas estarão em cena na apresentação intitulada “Eu, Augusto”. A Orquestra de Câmara da cidade de João Pessoa integra a comemoração com a realização de um concerto inédito. São músicos da orquestra, componentes do coral, atores do Grupo Lavoura e convidados, entre eles o cantor Escurinho e o músico Esmeraldo Rodrigues, da Chico Corrêa Eletronic Band. A regência é do maestro Eli-Eri Moura. O concerto/espetáculo é promovido pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope).


A proposta é transformar o auditório em um imenso livro sonoro, com os integrantes da orquestra, do octeto vocal e as caixas de som posicionadas em diferentes recantos do espaço. Parte dos músicos e cantores senta-se nas poltronas dos espectadores, enquanto a outra se posta nas laterais do auditório, ao redor do público. Apenas o ator assume o palco principal. A atriz fica num palco por trás da última fileira de poltronas.

“A ideia é proporcionar ao espectador uma experiência na qual ele percebe os sons atravessarem o espaço ao seu redor. Buscar uma apreciação não só de timbres e notas, mas da ‘espacialização’ do som”, explicou o maestro Eli-Eri.

Os poemas musicados serão “O Morcego”, “Caixão Fantástico”, “Poema Negro”, “Idealização da Humanidade Futura”, “Solitário”, “Vozes da Morte”, “A ideia”, “Idealismo”, “Idealização da Humanidade Futura”, “Debaixo do Tamarindo”, “A Árvore da Serra”, “Noite no Cairo”, “Insônia”, “Barcarola”, “Budismo Moderno”, “Sobre o Vento” e “Os Doentes”.

Um pouco sobre Augusto: 


"Augusto de Carvalho Rodrigues dos Anjos nasceu em 28 de abril de 1884, no Engenho do Pau d’Arco (PB). Seus pais eram proprietários de engenhos, os quais seriam perdidos alguns anos mais tarde, em razão do fim da monarquia, da abolição e da implantação da república.
Foi educado pelo próprio pai até ao período antecedente à faculdade. Formou-se em Direito no Recife, contudo, nunca exerceu a profissão. Criado envolto aos livros da biblioteca do pai, era dedicado às letras desde muito cedo. Ainda adolescente, o poeta publicava poesias para o jornal “O Comércio”, as quais causavam muita polêmica, por causa dos poemas era tido como louco para alguns e era elogiado por outros. 
Na Paraíba, foi chamado de “Doutor Tristeza” por causa de suas temáticas poéticas."

Memorial Augusto dos Anjos: 

Inaugurado no dia 11 de maio de 2006, o MEMORIAL AUGUSTO DOS ANJOS é um local onde os visitantes mergulham no ambiente em que o poeta passou a infância e parte da fase adulta. Instalado na casa onde morou a ama de leite de Augusto, o memorial conta com painéis, videoteca, biblioteca com vários livros sobre a obra do poeta paraibano e edições do livro Eu, documentos e raridades. Localização: município de Sapé, terra natal de Augusto, a cerca de 50 Km de João Pessoa. Fonte: http://www.guarabira.jex.com.br

Memorial Augusto dos Anjos - Fonte:http://www.almadepoeta.com/august8.jpg

*Eu já visitei o Memorial e gostei bastante! Fica a cerca de 30,7 km (26 min.) de Santa Rita - cidade onde moro!

Vídeo - Breve tour pelo Memorial Augusto dos Anjos:

 Confira também:


2 comentários:

  1. Uma linda e cultural programação por lá!!Legal!!! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Chica! Obrigada, tudo de bom para você também!
      Beijos**

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...