quarta-feira, 17 de abril de 2013

Para não passar em branco...





Semana passada participei de um Concurso cultural promovido pela Poeme-se (loja de roupas inspirada em poesias que já comentei no post anterior), cujo tema foi "Pare de falar mal da rotina", que a propósito já foi encerrado, infelizmente, ontem, dia 16 de abril. Os prêmios para o ganhador em 1º lugar foram: uma camisa da poeme-se e dois ingressos para a peça "Pare de falar mal da rotina", uma comédia reflexiva em curta temporada no Teatro Municipal de Niterói, que estará em cartaz até dia 21. 





Pela falta de tempo não pude divulgar o concurso com antecedência para que vocês pudessem participar também e votarem em mim! :)

Mas...

Para não passar em branco, vim aqui deixar os versinhos que escrevi relacionado ao tema ROTINA, sugerido pelo concurso.

Então aqui vai:

"Rotina. A rota cotidiana da (in)certeza, belezas que não vemos, pessoas que vemos mas não lembramos, amigos, vizinhos, planos. A camisa mal passada por falta de tempo, a corrida contra o tempo, o esquecimento. Esquece-se o abraço, o sorriso, o carinho esquece-se o argumento. Rotina. A rota da vida que passa, às vezes meio sem graça, sem rima, sem cor. A rota do amor, do querer, do saber, do temor. Na rotina nem tudo se nota e aquilo que sobra, ali continua, esperando que um dia, por acaso, algum sábio lhe note."
Marcilane Santos.
*Não consegui votos suficientes para ser premiada, mas valeu a participação!
Espero que gostem.

Beijos e abraços apertados, saudades!
;)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...