quinta-feira, 26 de setembro de 2013

ECO



ECOA 
ECOA A VOZ 
A VOZ NO MURO 
A VOZ NO MURO ESPALHA-SE 

ESPALHA-SE A ALMA  
ESPALHA-SE A ALMA E FECHA-SE O OLHAR 
ESPALHA-SE A ALMA E FECHA-SE O OLHAR AO SENTIR 
                                                                                                      AO SENTIR LIVRAR-SE DAQUILO 
                                                                                                     AO SENTIR LIVRAR-SE DAQUILO QUE ESTAVA PRESO 
                                                                                                                                                 DAQUILO QUE ESTAVA PRESO NO PEITO 
                                                                                                                                                                                                  E QUE DO
PEITO QUERIA SAIR  

ECOA 
ECOA E SOA 
ECOA E SOA O VERSO
ECOA E SOA O VERSO NO ECO
       NO VERSO ECOA O SOPRO DAQUELA ALMA 
                                                                                              A ALMA 
                                                                                              A ALMA SOA 

O VERSO 
O VERSO ECOA 
                                                                                                 SOA A ALMA 
                  

                   ECOA O VERSO. 




MARCILANE SANTOS EM 26/09/13. 

 
Marcilane Santos.




13 comentários:

  1. Sentir, ecoar... que bom te ler!
    Poesia que fala à alma. Saudade!

    ResponderExcluir
  2. Oww obrigada Ana! É sempre boa tê-la por aqui!
    Saudades também... Postarei novos escritos com mais frequência, assim eu espero!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Legal!
    A formatação, a criação, os som das palavras.

    Abraços com com eco \o/

    ResponderExcluir
  4. Marcilane, que coisa mais linda essa sua arte. Você é gênio mesmo.
    Beijo no coração dessa menina de cabecinha boa e muito criativa.

    Manoel

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto.
    Criativa a forma de escrevê-lo.

    Boa semana pra você.
    Ana Virgínia
    filhadejose.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Obrigada... Me inspirei nas poesias concretas!
    Beijos*

    ResponderExcluir
  7. Sempre lindo o seu blog. Gosto de passar por aqui para ver estas lindas poesias.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  8. Gostei do desenho...se liga bem ao poema que bate no concreto..

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...