domingo, 15 de fevereiro de 2015

Soltar as amarras



Já senti vontade de largar tudo e sair por aí sem rumo, sem norte
Talvez eu não pudesse contar com a sorte
Além do mais, a sorte sempre me faltou
O que vem em minha mente agora é buscar uma melhora
Sentir a vida sendo vivida genuinamente

Já senti vontade de sumir, já tive raiva do mundo
Já pensei em me desfazer de tudo, por um segundo
E deixar tudo acontecer de forma qualquer
Sem planos, sem nexo

Todas essas vontades foram temporárias
Talvez por falta de coragem para realizá-las
Porém, uma coisa é certa: Está na hora de soltar as amarras
E colocar em prática cada sonho, cada anseio,
Quem sabe assim a felicidade volte a morar em meu peito!


Marcilane Santos, 02/09/14.

http://files.raizdelotus.webnode.pt/200000090-9e0939f025/cordas1.jpeg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...